Cidade Mundial atrai milhares, trava trânsito em rodovia e isola Aeroporto

A inauguração da Cidade Mundial, da Igreja Mundial do Poder de Deus fez com que o Aeroporto Internacional de Guarulhos ficasse inacessível a milhares de passageiros, que acabaram perdendo seus voos.
O templo, que comporta 150 mil pessoas, foi inaugurado no primeiro dia do ano, e atraiu uma multidão, de todas as regiões do país. Como o espaço fica localizado na Rodovia Presidente Dutra, ao lado do aeroporto, os ônibus que levaram os fiéis ao local ficaram estacionados ao longo da rodovia, prejudicando o trânsito, já complicado pela volta dos paulistanos à cidade, após o feriado de fim de ano.
Desesperadas, algumas pessoas deixavam seus carros na rodovia e saíam andando até o aeroporto, o que não evitou que algumas perdessem o horário dos voos. Aproveitando a oportunidade, alguns motoristas de vans circularam no entorno oferecendo transporte até o aeroporto de Cumbica com valores de R$ 10 a R$ 15.
A concessionária responsável pela rodovia afirmou ao site Estadão que o transtorno não foi causado pela quantidade de ônibus e pessoas que estavam acessando o local, mas sim, a forma como os motoristas dos ônibus estacionaram os veículos, ocupando duas faixas da rodovia e em alguns trechos, bloqueando completamente o trânsito. “Transformaram a rodovia em um grande bolsão de estacionamento”, disse Marcos Brunelli, gestor de atendimento da empresa, que reclamou da organização da IMPD, que avisou sobre a inauguração somente na semana que antecedeu o evento.
Alguns moradores e passageiros ficaram revoltados com a bagunça e usaram o Twitter para protestar: “Pela primeira vez perdi o voo, eu e mais todo mundo que tentou viajar por Guarulhos. Responsáveis?”, manifestou-se a usuária Anielle Gianello (@anigianello). Já Rosy Mello (@rosymello) se valeu da ironia para registrar seu protesto: “Parabéns, Prefeitura de Guarulhos, ninguém chega ao Aeroporto. São 1.000 ônibus travando o acesso do Aeroporto. Que vergonha. Perdi meu voo”, afirmou a usuária.
Essa não é a primeira vez que a Igreja Mundial do Poder de Deus causa transtorno aos vizinhos. Em 2009 o apóstolo Valdemiro Santiago espalhou cartazes pelo bairro do Brás, local da sede da IMPD, com fotos do prefeito Gilberto Kassab com chifres, em uma alusão ao diabo. Os cartazes foram motivados por uma interdição da prefeitura de São Paulo, que não permite templos de grande porte em bairros estritamente residenciais.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails