Pastor "X", no papo cabeça sobre a sub-versão do evangelho

O pastor "X" não sabe como expressar sua indignação sobre as idéias subversivas que porventura podem envolver o evangelho santo de nosso Senhor Jesus. Isso chegou ao ponto de ele colocar a subversão sob um novo ponto de vista semântico. Para ele a subversão não está relacionada com a revolta; insubordinação; ruína; perversão; destruição. Mas as vezes penso que "X" está certo. Apesar do pastor "X", em alguns momentos, agir fora da razão exigida nos evangelhos, ele tem razão quando usa a subversão não para se referir a um "golpe de estado" ou um  Coup d'État se você for chique, ou ainda um Staatsstreich se você é do tipo nazista. Não, "X" arrumou a nova definição para subversão. E não é ideologia como daquelas que você encontra nos livros de Marx, Weber e outros grandes pensadores. É a subversão da navalha na carne, isso mesmo, é a subversão pura e simples. Quando eu achava que "X" falava de subversão ele não falava de subversão como a conhecemos. Percebi que o assunto era a sub-versão do evangelho. Isso mesmo, a sub-versão, a versão inferior do evangelho. É a versão rebaixada do evangelho que é praticada por pessoas do mesmo nível. Então percebi que sub-versão para "X" não tem nada a ver com a subversão semanticamente correta. Enquanto a primeira está intimamente ligada a Datã e a Abirão a segunda está ligada com a revolta em si. A subversão pode ser desencadeada por motivos muito nobres, enquanto a sub-versão do evangelho nasce por motivos muito pobres, retrato fiel do estado de espirito de quem a pratica. Se a subversão em alguns momentos é uma coisa linda, como no caso de Tiradentes o martir, a sub-versão do evangelho é o flagelo da vida cristã, pois ela implica uma ação violenta contra os fundamentos da própria vida cristã. a vida que se vive na sub-versão do evangelho é o evangelho do silencio, da permissividade, do pode tudo, da distorção, da falta de conhecimento. Quando por falta de entendimento o pastor "X" troca a idéia da subversão pela sub-versão do evangelho fica evidente a sua falta de discernimento. Fica clara a sua ignorância. Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, 2 Pedro 2:18.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails