Relógios param, o tempo não.

Olhando para o relógio da cozinha percebi que ele estava parado. Parou as 10:20h de um dia qualquer. No céu as nuvens também estavam paradas. As árvores não fazem seu movimento de todos os dias "pra lá e para cá". As pessoas estão mais lentas, falando pouco. Os pompos sumiram das praças e ficam nos fios da rede eletrica dormindo. A terra parece que diminuiu o seu ritmo. Os dias estão mais longos. Tudo parece um retrato imóvel, uma caracteristica do retrato é o seu poder de congelar uma cena. Um tempo que está apenas registrado, cabe ao próprio tempo, agora, pintar suas manchas de bolor no seu processo normal de degeneração. Nesse retrato estou vagando por entre os objetos, coisas e pessoas. Mesmo com tudo parado ao redor existe um sentimento de que tudo a qualquer momento vai se mover de novo. Uma vida parada, é uma vida que vive dentro de um mundo em movimento. As vezes dá a sensação de que até a terra parou. O movimento de rotação é um milagre diário assim como o de translação é um milagre que acontece ano após ano. Nisso tudo também percebo que alguém que não tem o costume de se calar está em silêncio a muito tempo, Deus. Como se não bastasse todas as as forças da natureza, agora Deus, também está em silêncio. Mas, o sentimento de que algo novo vai acontecer é o que nos mantém vivos.
Por que Deus colocou em nós este sentimento. O de que mesmo quando nada acontece, devemos esperar que algo aconteça. É a esperança (Rm 8:24). O sentimento de que não temos condição de ir além do que podemos é quebrado, quando, Paulo diz: Porque andamos por fé, e não por vista (2 Co 5:7) O sentimento de que estamos mortos e desfeito quando Jesus diz: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; (Jo 11:25).
Existem momentos em que nada faz sentido. É como olhar para uma bússola desregulada. Se orientar por um sol que não se move. Um tempo, ruim, que não passa. Na mente vem pensamentos que dizem: "não há crime sem castigo", você deve pagar pelos seus erros. É como a letra da musica: "o seu dinheiro paga o seu pão", mas como comer pão se não há dinheiro.
Não é fácil, existem momentos que a única coisa que temos é perguntas. Para resistirmos neste momento é necessário saber o que fazer, mais do que perguntar. Se é para ficar calado, fique. Se é para prantear, chore. Se é para esperar peça a Deus que te dê porção dobrada de paciência. Pois é esperando em Deus, fazendo a cada momento o que é necessário, que alcançaremos a promessa. (Hb 6:15) Uma pilha nova no relógio da cozinha para ele voltar a funcionar. Relógios param, o tempo não.

Rogério Loureiro

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails