O cristão deve abster-se de tudo que o domina



Rogério Loureiro apresentador
De palavra em palavra.
O cristão deve abster-se de tudo que o domina, ou seja, de tudo aquilo sobre o qual ele não pode exercer controle (1 Co 6.2). São os vícios, que escravizam o homem impedindo-o de viver as virtudes do Espírito Santo, que entre elas inclui a temperança e o domínio próprio (GI 5.22,23).
Neste aspecto, estão inclusos os que poderiam ser considerados pequenos vícios, aparentemente inofensivos, mas, extremamente no¬civos ao espírito, e prejudiciais à saúde física (1 Co 3.16,17) e moral, como os tóxicos em geral, incluindo-se o tão popular cigarro. Ressalta-se, ainda, os prejuízos causados a outros por alguns vícios tão comuns no meio dos incrédulos, como o do alcoolismo, por exemplo, capaz de tirar a paz e até destruir um lar. É pela extensão dos danos, que há na Bíblia várias advertências contra esse tremendo mal (Pv 20.1; 23.29-32, Is 5.11 -1 1 Co 5.11; 6.10).
Rogério Loureiro.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails