O que respira mentiras não escapará


Sociedade de Pinóquios
A falsa testemunha não ficará impune e o que respira mentiras não escapará. Provérbios 19:5 Já foi falado aqui neste blog sobre a inveja. E foi falado também que ela tem como amiga a mentira. É comum o invejoso no seu afã de querer ficar “por cima” ter que falar mentiras. São mentiras de todo tipo. Mentiras no mundo são comuns. Uma vez que o príncipe deste mundo é o pai da mentira. E seus filhos agem de igual modo. Tal pai, tal filho. O que não pode ocorrer são mentiras dentro do círculo evangélico. Alguém pode indagar que um servo de Deus pode em algum momento cometer algum erro e ter que falar mentiras. Na verdade não é esta a questão. Mentira é mentira. E o que fala mentiras é um mentiroso. E não existe “mentirinhas” e “mentironas”. Também é certo que existem pessoas que falam uma mentira a cada dez anos. E existem pessoas que mentem o tempo todo vinte e quatro horas por dia. Na verdade a sua própria vida já é uma grande mentira.

Seu suor, seu cheiro, seus gestos e tudo o mais não passa de uma grande farsa. Uma coisa é muito certa, ninguém pode enganar todo mundo para sempre. E sempre a verdade sobre cada pessoa é revelada. Cuidado mentiroso! Existem várias formas de mentir. E Aristóteles distinguiu duas espécies fundamentais de mentira. A jactância que consiste em exagerar a verdade, e a ironia que consiste em diminuí-la. Ambas não estão relacionadas ao mundo dos negócios e nem a justiça e por esta razão não se trata de simples mentira mas de vícios mais graves como traição, fraude e assim por diante. São Tomas de Aquino deu mais peso a elas quando as observou do ponto de vista da moral teológica. Exagerar a verdade é uma coisa muito ligada aos soberbos e invejosos. Qualquer alteração da verdade torna-se uma mentira. E não importa se para mais ou para menos.
Não se vê por aí cães e gatos mentindo, nem plantas e insetos. De todos os seres o único capaz de mentir é o homem. A mentira está presente em, todos os lugares, todas as áreas do relacionamento humano. No casamento, no trabalho, na escola, no salão de cabeleireiro e etc. No casamento a pessoa vive uma vida dupla se relacionando com pessoas em busca de aventuras pela Internet mentindo sobre a sua identidade e coisas afins. Na escola mentiras que distorcem a personalidade são as mais comuns. No salão de cabeleireiro além das mentiras correm soltas as fofocas. Mentir virou coisa comum. No mundo mentir é uma coisa normal, não faz diferença, mentir ou não. A sociedade virou uma sociedade de Pinóquios.
Uma vez que a mentira invade todas as áreas do relacionamento humano, não é estranho se encontrarmos nas igrejas pessoas mentindo, e por que não dizer, líderes mentindo. É errado pensar assim? Será que todas as pessoas são sinceras nas igrejas? Será que em algum momento alguém alterou a verdade dos fatos, inclusive fatos bíblicos? Será que quando alguém oferece algo que somente Deus pode dar em troca de coisas terrenas ele está falando a verdade ou está mentindo? Deus, é o deus da barganha? Deus quer coisas ou pessoas? Não se pode dizer com certeza se existe ou não crentes que mentem e agem de modo suspeito. E o mais interessante é que algum incrédulo pode estar lendo este texto e rindo do fato de haver suspeitas dentro da casa de Deus. O que Deus falou a cerca desta coisas por meio de seus profetas é o seguinte: Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? 1 Pedro 4:17
Não pense que crentes e não crentes são diferentes quando o assunto é o juízo de Deus que se aproxima. Uma coisa deve ficar clara para os totalmente incrédulos. Todos as pessoas se ajuntarão na presença de Jesus para dar conta de seus atos, dos crimes que cometeu, das mentiras que contou e do escárnio para com a sua palavra. A vida daquele que está fora das escrituras é uma grande mentira e o seu fim será trágico. Um servo de Deus pode cair, mas ele pode se reconciliar com Deus, receber perdão e se salvar e do mesmo modo se um não crente buscar reconciliação com Deus também se salvará. Pior do que falar mentiras é viver uma vida que é a própria mentira. E sobre uma vida de mentira, falsa, e sem sentido o apóstolo Paulo tem algo a dizer:
Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida. Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas; Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam. Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado. E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério; A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade. E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo. Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. 1 Timóteo 1:5-15

Rogério Loureiro

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails