O peixe morre pela boca. Provérbios 10:14

Os sábios entesouram a sabedoria; mas a boca do tolo o aproxima da ruína. Provérbios 10:14. É muito comum as pessoas falarem muito. E por que falam? Porque têm língua. A lingua Participa na formação dos fonemas da fala e é o único músculo voluntário do corpo humano que não fadiga. Isso mesmo você já ouviu alguém dizer que está com a língua cansada? Muito pelo contrário, alguns poderiam utilizar a língua durante 24 horas num dia e não se cansariam. Agora, o quanto se aproveita do que é falado? É dificil dizer, mas dá pra ter uma idéia. Também não dá para dizer o quanto as pessoas sofrem e quanto fazem sofrer pelo que dizem. Ou ainda, o quanto se arrebentam na vida por palavras imprudentes que são ditas ao léu. Em proverbios existe uma recomendação muito importante para aqueles que falam demais: O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias. Provérbios 21:23.
Poucas coisas causam um efeito tão devastador como a língua humana. Um outro texto biblico diz que o efeito da língua pode ser comparado com um ato incendiário. Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia. Tiago 3:5. Também a língua, segundo a as Escrituras, é um membro dificil de dominar e quem consegue tal coisa é capaz de dominar o seu corpo também. Fofocas, intrigas, mentiras, contendas e boatos na verdade não começam na mente. Enquanto ficam retidas nos pensamentos é possível fazer alguma coisa, uma vez proferida não volta mais, e não há como “desfalar” o que foi dito. Tudo começa no entendimento e termina na ponta da língua. Um dito popular compara aquele que fala ou mente demais com o peixe. O peixe, um animal que não pensa, age instintivamente quando vê uma presa. Desconhece os perigos que o cerca. E quando ele vê o seu alimento se movendo sutilmente no meios das águas; morde sem saber que aquilo na verdade era uma isca. Agora uma vez mordida a isca, e preso no anzol, é quase impossível se desvencilhar da morte iminente. E quando escapa as sequelas são dolorosas. Sua boca o matou. Morreu pela boca. Como se diz: O peixe morre pela boca. Note que o homem não morre porque fala. O homem morre do que ele fala. E a boca fala daquilo que é abundante no coração do homem Lucas 6:45. Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Mateus 15:18. Muitos irmãos não se ligaram ainda que satanás jogou o anzol na igreja. A isca que ele usa são coisas podres e fedidas que muitos adoram. E como um peixe que tem seu instinto voltado para saciar sua fome, pessoas incautas, agem de modo instintivo por causa do pecado que há dentro de si mordendo a isca. Morreu pelo que falou. Não pode controlar sua língua. Não seja peixe! Seja ovelha e hoje mesmo berre bons balidos para seu Pastor. João 10:14. O peixe morre pela boca.
Rogerio Loureiro para Arauto de Sião.

Um comentário:

valniloureiro disse...

É certo que a lingua não se cansa, no entanto os ouvidos que são dois, certamente podem se cansar de ouvir uma boca falar. tem gente que tem até que tomar um remedinho por causa da dor de cabeça que dá um falante.Valni

Related Posts with Thumbnails