O amor de Deus.

Rude cruz
De tudo, seria fácil deduzir que Paulo visualiza Deus como um Deus de grandeza suprema, que criou todas as coisas, que está executando seus planos na criação e é impiedoso, na punição daqueles que se opõem aos seus planos. Isso, no entanto, seria errado. O grande interesse de Paulo em Deus não está tanto no seu poder e majestade e no julgamento que trará, mas em seu amor e preocupação com seu povo. Com seu povo! É interessante que Paulo não diz muitas vezes que Deus ama a Cristo, apesar de o pensamento ocorrer: Cristo é "o Amado" (Ef. 1.6). Sua ênfase, porém, está no pensamento totalmente inesperado de que Deus, que é tão bom e tão grande, não pensa na raça humana, pecadores que somos todos, simplesmente com tolerância e magnanimidade, mas com amor. É de cha­mar nossa atenção o fato de Paulo tantas vezes referir-se a Deus como "Pai"; de fato, ele o chama assim em todas as suas cartas. A combinação das idéias do poder de Deus e da sua paternidade significa como diz William Barclay, que “obtemos a idéia completa e acabada de Deus como um Deus cujo poder é sempre motivado pelo seu amor, cujo amor é sempre apoiado pelo seu poder”.
Numa passagem muito importante Paulo nos diz que "Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores" (Rm 5.8). Isso é totalmente estranho à experiência humana. Nós sabemos que eventualmente, alguém dá sua vida por outra pessoa, mas faz esse gesto incrivelmente nobre em favor de uma pessoa boa ou por alguém a quem está ligada de alguma maneira, ou talvez por uma boa causa. Ninguém morre voluntariamente por alguém que não estima. Porém, enquanto o ser humano ainda era pecador e, assim, indigno aos olhos de Deus, Cristo morreu por ele.
Esse é um pensamento essencial em Paulo e está por trás de muitas coisas que escreve. Deus dá seu amor indistintamente a todos; e Ele o derramou em nosso coração pelo Espírito Santo. A pergunta que fica, inescapável, como não amar um Deus assim? Volte para Deus hoje!
Rogério Loureiro

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails