Devocional 005 - A igreja de Deus

Sua natureza e ministério.

A Igreja de Deus é, como também diz o seu próprio nome, uma instituição divina (At 20.28; 1Tm 3.15). Sendo a Igreja simbolizada por um corpo (Ef 1.20-23; Rm 12.4,5), ela é um organismo vivo, e não somente uma organização. Cristo mesmo é a Cabeça deste corpo (Ef 1.22; 4.1216). A Igreja de Deus é uma congregação de crentes batizados mediante sua profissão de fé (At 2.41,47), para constituir uma geração eleita, um sacerdócio santo, que anuncia "as virtudes daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (1 Pe 2.9). Assim a Igreja do Deus vivo é a coluna e a firmeza da Verdade num mundo de mentira e corrupção (1 Tm 3.15). Sua principal missão é pregar o Evangelho a toda a criatura (Mt 28.18-20; Mc 16.15,16), sendo, desta forma, a Agência do Reino de Deus aqui na terra.


Os membros da Igreja têm todos os mesmos direitos e os mesmos deveres (-ICo 12.14-18). Não devem existir privilégios entre eles. Os cultos e demais reuniões são sumamente importantes, e deles os membros da Igreja devem participar com fidelidade (Hb 10.25). Na comunhão fraternal, ouvindo a pregação da Palavra de Deus e participando ativamente nas orações e no louvor, os membros podem desfrutar de todas as bênçãos prometidas à Igreja

Os que presidem na Igreja são constituídos por Deus e devem, naturalmente, ser amados e estimados por todos os membros (1Ts 5.12,13). Eles devem ser estimados por causa da sua obra e não propriamente pelos dons de pregar ou outras qualidades pessoais que porventura possuam. Os pastores são servos de Deus e da Igreja e, como tais, responsáveis pelas almas que lhes são confiadas e das quais devem dar contas (Hb 13.17). Não são, portanto, de modo algum, senhores sobre as igrejas, mas devem servir de exemplo para os seus membros (1 Pe 5.1 -3).

Há, na Igreja, diversos ministérios, conforme o ensino bíblico. 0 Novo Testamento usa vários vocábulos referindo-se ao ministério cristão, tais como: Pastor, Presbítero, Bispo, Evangelista, etc. São títulos que se referem aos obreiros que se dedicam à pregação, ao ensino da Palavra e ao cuidado do rebanho (At 20.28; Ef 4.11-16; lTm 5.17,18; 2Tm 4.2,5), Os Diáconos exercem uma atividade de apoio à liderança, especialmente na área social e administrativa da Igreja (a palavra `diácono" significa servir). Eles aparecem, por exemplo, junto aos Pastores na carta de Paulo aos Filipenses (Fp 1.1).

Rogério Loureiro

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails