Vamos à escola

Já há algum tempo venho percebendo que igrejas neo pentecostais não implantam em sua grade de tarefas liturgicas semanais a escola biblica. Quando eu me converti e comecei a minha jornada cristã foi em uma destas igrejas. E esta foi a razão pela qual sai de lá e fui para uma outra igreja na qual já estou há a onze anos já como professor e vice superintendente. Para a glória de Deus. A maioria destas igrejas alugam seus templos em lugares provisórios com uma estrutura que comporta somente os cultos. É muito mais fácil pregar do que ensinar. É mais dificil ainda pregar uma coisa no púlpito e depois ter que desmentí-la na escola biblica. A verdade é uma só. Um outro ponto que deve ser anotado é o fato de a pregação ser unilateral, um tem a palavra (que nem sempre é a Palavra), e os outros ouvem. Na EBD o confronto é direto e as verdades são expostas não de modo unilateral, existe uma participação dos envolvidos, as pessoas tem a chance de expor suas idéias. A escola dominical também deve ser um local onde o cristão reflita sobre sua condição, sua salvação, sua conduta social de maneira consciente. Romanos 12:1,2.

Talvez isto seja um pouco da herança maldita que se arrasta na mentalidade geral da nação que a séculos diz: "quanto mais ignorante melhor". Uma escola dominical séria e democrática faz com que todos os irmãos se envolvam discutam idéias opinem sobre o que está certo e errado e assim por diante. A EBD também permite que a igreja amadureça mais, com crentes mais preparados, mais prontos para discussões do dia-a-dia. É óbvio que a escola biblica dominical não vai tornar os crentes "mais crentes". E também não encorajo ninguém a implantar escola biblicas em suas igrejas para ensinar doutrinas que só visam o endurecimento do coração, o egoismo, e outros absurdos que transformam crentes de verdade em crentes xiítas. Ou ainda com promessas vãs, do arco da velha, tirar o último pingo de fé que existe no camarada.

Tenho percebido que a escola dominical não tem mais a mesma importância que tinha nas décadas passadas. E na verdade isso vem acontecendo nas igrejas, ditas cristãs, evangélicas. Nas pseudocristãs como as Testemunhas de Jeová, Mórmons, Adventistas e outras o ensino falso da Bíblia continua a todo vapor. Eu ando ouvindo muita coisa na televisão, cruzadas milionárias, horários e mais horários na televisão para ficar reprisando programas, doe mil, dez mil, cem mil, helicópteros, aviões, jatos e o povo cada vez mais ignorante.

A ignorância se resolve com a leitura da Palavra. E bendito é o varão que medita na Palavra do Senhor de dia e de noite. (Salmos 1). A medida em que as escolas dominicais vão sumindo alguns valores cristãos também vão sumindo. E mais, ainda, quanto menos as pessoas leem a Biblia mais são vitimas de promessas sem fundamento. 

Devemos orar muito para que o Senhor possa abençoar  a sua igreja levantando obreiros aprovados para este ministério importantíssimo. O ensino da palavra de Deus.

I TIMÓTEO 5:17 Os anciãos que governam bem sejam tidos por dignos de duplicada honra, especialmente os que labutam na pregação e no ensino.

...De modo que, tendo diferentes dons segundo a graça que nos foi dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino... Romanos 12                                                                           Texto de Rogério e Valni Loureiro

Um comentário:

Anônimo disse...

Concordo que a EBD tem sido relegada a um segundo plano. O crescer no conhecimento demanda tempo e dizem que não temos esse tempo. Mais facil é ir na "conversa" dos outros. Ser seguidor de gente que mal conhece a Palavra. Só tira dela proveito em prol de si mesmo.A EBD é um departamento de ensino e temos falta de cooperadores para ensinar as diversas faixas etárias em que as classes são divididas. Acho que é a "falta de compromisso" que nos leva a distanciar do compromisso do IDE.

valni

Related Posts with Thumbnails